Lincon Informática

Lincon Informática
Francisco Santos

terça-feira, 30 de junho de 2015

Banco do Nordeste vai abrir 10 novas agências no Piauí; veja as cidades!


A abertura das novas agências faz parte do plano de expansão do BNB, que visa ampliar a atuação no financiamento de projetos de desenvolvimento.
 / segunda-feira, 29 junho , 2015
Banco do Nordeste vai abrir 10 novas agências no Piauí
O Banco do Nordeste do Brasil vai abrir dez novas agências no Piauí e contratar em torno de 100 servidores aprovados no último concurso público da instituição, realizado em 2014. A informação foi dada pelo superintendente estadual do BNB no Piauí, Luiz Alberto da Silva Júnior. Segundo ele, o BNB tem R$ 1,187 bilhão para investimentos em projetos industriais e comerciais no estado este ano. O dinheiro faz parte do FNE (Fundo Constitucional do Nordeste).
A abertura das novas agências faz parte do plano de expansão do BNB, que visa ampliar a atuação no financiamento de projetos de desenvolvimento e melhorar o atendimento à carteira de clientes do banco, além de atrair novos clientes. “Nos últimos cinco anos tivemos crescimento médio de 7%, e hoje nossas agências já apresentam uma certa dificuldade estrutural para atender os clientes e absorver novos parceiros”, explica Luiz Alberto. “Daí a necessidade expandir o banco com a abertura de novas agências”.
Segundo ele, o plano de crescimento do banco foi lançado em 2012, quando o BNB tinha 187 agências no total. “Naquele ano lançamos o desafio de dobrar o tamanho do banco em cinco anos. Hoje, temos 287 agências e pretendemos chegar a 400 até o próximo ano”, diz Luiz Alberto. As novas agências serão abertas em Teresina, Parnaíba, Picos, Castelo do Piauí, Barras, Piripiri, Canto do Buriti, Fronteiras, Santa Filomena e União.
Além dos 100 aprovados em concurso público a serem contratados pelo banco, a abertura das novas agências deverão gerar mais 50 empregos indiretos, formado por terceirizados para áreas de limpeza e vigilância, por exemplo. O BNB tem hoje 18 agências no Piauí – são três em Teresina e as outras 15 em cidades como Parnaíba e Picos -, que atendem a aproximadamente 450 mil clientes.
Segundo o gerente de Governo do BNB no Piauí, Diogo Martins, os R$ 1,187 bilhão disponíveis no banco para o estado devem ser investidos em projetos da agricultura familiar e empreendimentos industriais, agroindustriais e comerciais. “Esse montante representa quase 10% do orçamento total do Banco do Nordeste para financiamentos de projeto em toda a sua área de atuação, que é de R$ 13 bilhões”, explicou. Segundo ele, o banco tem ainda R$ 700 milhões para o programa Crediamigo, que financia pequenos negócios informais.
Em 2014, só o Crediamigo financiou R$ 600 milhões, contemplando aproximadamente 54 mil clientes. Este ano, a previsão é de que sejam atendidos 60 mil clientes.
Fonte: Diário do Povo

V Copa TV Picos de Futsal:Veja os jogos das Oitavas de Finais

Fonte:Bitta Sports

Governo Federal deve cerca de R$ 1 bilhão aos municípios do Piauí

O Governo Federal deve aos 224 municípios piauienses cerca de R$ 950 milhões de “restos a pagar” referentes ao ano de 2014. A maioria dos recursos que já deveriam ter sidos pagos aos municípios são referentes às obras já executadas ou autorizadas. Assim, os municípios estão sofrendo pressão das empresas para quitar o débito e isso traz prejuízos de reputação aos prefeitos.
Os dados foram divulgados pela Confederação Nacional dos Municípios. Em nível nacional, a União deve R$ 43,7 bilhões de restos a pagar aos mais de 5 mil municípios do País . Do total, R$ 3 bilhões já foram executados – ou seja, as obras estão prontas e falta apenas as empresas receberem o pagamento. No Piauí, o montante da dívida da União com os municípios cujas obras já foram realizadas é de R$ 115 milhões.
Arinaldo Leal, Presidente da APPM
Os restos a pagar são recursos de convênios firmados entre as prefeituras e União para a aquisição de equipamentos e realização de obras, que não foram pagos dentro do ano para o qual estavam previstos. A liberação desses recursos foi uma das principais reivindicações da 18° Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios. É que, por conta da crise financeira, o Governo Federal tem demorado a liberar o pagamento.
Entre os órgãos federais que mais estão em débito com os municípios com relação ao pagamento de obras executadas, destacam-se o Ministério da Integração Nacional, com dívida de R$ 667 milhões, e o da Saúde, com R$ 566 milhões. Já com relação e restos de pagar de recursos autorizados, o campeão é o Ministério da Educação, com dívida de quase de R$ 10 bilhões, e o da Saúde, com R$ 9,3 bilhões.
O presidente da Associação Piauiense de Municípios (APPM), Arinaldo Leal, reclama que a Codevasf (Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaíba) está há oito meses sem repassar recursos aos municípios. “Atrasos sempre houve, mas nunca nessa proporção”, comenta.
Ele disse que, após os prefeitos reclamaram da liberação, o Governo Federal deu um até julho para que algumas obras fossem verificadas para se comprovar se estão obedecendo aos critérios regulares para que possam receber o dinheiro.
A reportagem completa você acompanha na edição impressa do Jornal O Dia de hoje (29).
Por: Robert Pedrosa- Jornal O Dia

Professor e alunos cultivam produtos orgânicos no meio da caatinga no PI

É possível produzir com qualidade nas terras áridas da caatinga. Foi com o objetivo de estimular esse sentimento nos moradores do semiárido piauiense que o engenheiro de alimentos Saulo Egídio Ribeiro, 37 anos, decidiu inovar. Há pouco mais de um ano, ele desenvolve, com a participação de alunos, a produção de hortaliças em uma área cercada de caatinga no município de São Raimundo Nonato, a 530 km de Teresina.
Saulo é natural da própria cidade e se formou em engenharia de alimentos na Universidade Federal da Paraíba (UFPB), mas depois de formado resolveu aplicar seus conhecimentos na terra natal. A ideia de cultivar os produtos nasceu quando ele era professor em uma escola agrícola na região Sul do Piauí.
Juntamente com alguns alunos ele preparou um terreno em um sítio distante 21 km da zona urbana de São Raimundo Nonato para colocar a experiência em prática. O local que produz diversos tipos de hortaliças sem o uso de agrotóxicos foi equipado com sistema de irrigação desenvolvido por ele e pelos estudantes. A água é oriunda de poços existentes perto do terreno.
1000
Professor e alunos cultivam produtos orgânicos no meio da caatinga no PI

“A ideia partiu da vontade de ver alguma coisa acontecer. Nós desenvolvemos esse trabalho devido a necessidade de provar que a nossa região pode produzir e produzir com qualidade”, disse o professor. Segundo ele, é preciso derrubar o mito de que no semiárido não é possível produzir frutas e hortaliças.
Saulo defende que é pssível produzir com qualidade no semiárido (Foto: Cristovão Braga/Arquivo Pessoal)Saulo diz que é possível produzir com qualidade no
semiárido (Foto: Cristovão Braga/Arquivo Pessoal)
Atualmente, a horta produz salsinha, coentro, alface, couve, rúcula, cenoura e até mesmo espinafre já está sendo cultivado como experiência. De acordo com o professor, a produção já está ajudando a abastecer o mercado local, que segundo ele ainda é bastante carente de produtos saudáveis.
“Os produtos que são vendidos aqui quase sempre vem de outros lugares e ainda contém agrotóxicos. A gente trabalha com o melhoramento, beneficiamento e agregação de valor aos alimentos. Nossa cidade é uma cidade turística e o turista quando chega quer produtos diferenciados”, disse o engenheiro.
O jovem Wesley Gomes Vila Nova, 19 anos, foi um dos alunos que participaram do preparo e desenvolvimento da horta. Natural de São João do Piauí, cidade distante 92 km de São Raimundo Nonato, ele passou mais de três meses se dedicando a experiência. Segundo ele, a iniciativa deu certo e agora é preciso incentivar os moradores a cultivarem esse tipo de produto.
“Quem fala que essa região é apenas seca é porque não conhece. Temos que acabar essa cultura de trazer produtos de fora e quebrar esse tabu. Não queremos produzir em grande escala, mas produzir de forma natural, organicamente”, falou o estudante. Segundo ele, muitas pessoas já estão mudando a concepção de que não se pode produzir com qualidade no semiárido.
Horta fica a 21 km da zona urbana de São Raimundo (Foto: Cristovão Braga/Arquivo Pessoal)Horta fica a 21 km da zona urbana de São Raimundo (Foto: Cristovão Braga/Arquivo Pessoal)
Depois de participar do projeto com o professor Saulo, o estudante conta que já está aplicando o que aprendeu na propriedade do irmão. “Já estou começando a desenvolver algo semelhante em uma propriedade do meu irmão aqui em São João do Piauí”, informou o jovem.
E é esse tipo de iniciativa dos estudantes que orgulha o professor. Segundo ele, se os alunos aplicarem seus conhecimentos nas comunidades onde nasceram, grande parte do objetivo já estará sendo alcançado. “Será algo muito positivo para a região. Quem pegar um aluno que passou por aqui com certeza estará pegando um grande profissional”, falou orgulhosamente o professor.




Fonte: G1

Bétis fica com o titulo da I Taça Boa Viagem,KM 87

        O Bétis massacrou o Vitória do municipio de Alegrete do Piaui,o placar foi de 3X0,os gols foi de Waguinho de Têtê,que estava em uma tarde muito inspirada,o sistema defensivo do time de Alegrete do Piaui ficou muito preocupado com o atacante Sacola,mas nem imaginava que Waguinho poderia fazer a diferença da partida.
Sacola foi eleito o melhor jogador da final da Taça Boa Viagem,KM 87,que foi disputada entre Real Bétis de Francisco Santos e Vitória da cidade de Alegrete do Piaui
      Parabéns ao Bétis,que durante 3 dias,Sexta,Sábado e domingo disputou 3 finais,foi campeão pelo o campeonato do Povoado Carnaiba em cima do Olimpia,Sábado enfrentou o seu maior rival a Holanda,mas perdeu nos penaltis e já no domingo recuperou da derrota de Sábado e levou o titulo da I Taça Boa Viagem,KM 87,que foi realizada na Arena André do Mel.
Real Bétis:Essa foto foi tirada no Povoado Carnaiba,na última Sexta-Feira,
      O Real Bétis,na atualidade é um time dificil de ser batido,já que tem um elenco de muita qualidade e os jogadores que vem de fora,encaixaram muito bem no time,como os os jogadores da Seleção de Monsenhor Hipólito,o goleiro Kanú,o zagueiro Samuel,já da Seleção de Alagoinhas estavam jogando no Bétis,o lateral direito Daniel e o meia Carlos.e de Santo Antonio de Lisboa o bom jogador Alan.E os jogadores prata da casa:Sacola,Waguinho,Tinando,Derson,Felisberto,Cleudimar,Rafael,Alex,Weslan,Tomé e Júnior.
       A Comissão Técnica do Bétis é formado por Thiago,Técnico e Silvio
Waguinho foi o artilheiro da Taça Boa Viagem,km 87.Só na final ele fez 3 gols
       Mais o jogador que todos sabem que é o diferencial nop Bétis chama-se Sacola,esse jovem vem a cada dia que passa surpreendendo e conseguindo titulos juntamente com o elenco do Bétis,Sacola,na atualidade pode-se dizer que é um dos melhores jogadores da região de Picos.Mais sem seus companheiros ele não estaria nesse alto nivel,pois todos os companheiros são importantes para ele,desde o goleiro,até o seu parceiro de ataque.
     O Réal Bétis,além de levar R$ 2.000,00 pelo o titulo da competição,ainda foi premiado com o melhor jogador da final,que foi  o atacante Sacola,o melhor goleiro que ficou com Kanu,e também a artilharia do campeonato que ficou com Waguinho
Goleiro Kanú,do Real Bétis,eleito o melhor goleiro da Taça Boa Viagem,KM 87

Campeão:Holanda ganha titulo do certame do Sitio em Cima do seu rival,o Bétis

       No último Sábado foi disputado a final do campeonato de futebol amador da localidade Sitio,zona rural do Municipio de Mosnenhor Hipólito,e quem disputou o titulo foi dois times da cidade de Francisco Santos.A Holanda X Bétis,o placar no tempo normal foi de 0X0,e nos penaltis a Holanda levou a melhor.

Veja logo abaixo a escalação dos dois times:

HOLANDA:
Holanda F.C


1-Rolemberg
2-Bruno
3-Dinda
4-Reginaldo
5-Beijú
6-Paulo Henrique
7-Piu-Piu
8-Wandenys
9-Demir
10-Beijú
11-Raiká

RÉAL BÉTIS

1-Kanú
2-Cléudimar
3-Fábio
4-Felisberto
5-Alan
6-Tinando
7-Cleiton
8-Elson
9-Waguim
10-Derson
11Sacola

   Com informações de Rolemberg

 Obs:A foto da Holanda pegamos no face de Felipe,já o do Bétis não foi possivel localizar nenhuma foto de lá,pois não foi possivel ir a essa final e tirar fotos.

 

segunda-feira, 29 de junho de 2015







Metade das barragens do Piauí estão com menos de 50% da capacidade

       Das 24 barragens administradas pelo Departamento Nacional de Obras Contra a Seca (DNOCS) no Piauí, 12 estão com menos de 50% de sua capacidade máxima. Em Pio IX, o reservatório Cajazeiras está com apenas 2,02%, segundo relatório mensal do órgão.
    Segundo o meteorologista Sônia Feitosa, o resultado é fruto de um período chuvoso ruim em todas as regiões do estado. “As chuvas foram abaixo da média histórica de Norte a Sul do Piauí e isso se reflete no nível dos reservatórios”, afirmou.
   Ainda de acordo com ela, além da quantidade insuficiente de precipitações, as chuvas que caíram não foram do tipo que ajudam a encher as barragens. “As chuvas, na sua maior parte, não foram de escoar. Para que a água chegue até o reservatório, é necessário que seja uma chuva torrencial. Aquele chuvisco é bom apenas para a agricultura, mas não provoca recarga nas represas”, disse.
Na quinta-feira (25), o Governo do Piauí decretou emergência por conta da estiagem em 152 cidades do estado. O secretário de defesa civil, Hélio Isaias, afirmou que a situação é preocupante e que medidas de emergência são necessárias.
   “O período chuvoso deixou algumas barragens com bom nível, enquanto outras ficaram com pouca água. A barragem Petrônio Portela, que abastece São Raimundo Nonato e mais oito municípios, está com um nível preocupante”, afirmou.
    Das barragens do DNOCS, quatro estão com seus reservatórios acima de 90%: Caldeirão e Pé de Serra, ambos em Piripiri, Açude de Campo Maior e o de Poços, em Simplício Mendes. Em compensação, existem duas barragens com menos de 10% e quatro com menos de 20%.

Fonte: G1

Governo do Piauí decretou emergência em 152 municípios piauienses afetados pela estiagem

      O Governo do Piauí decretou emergência em 152 municípios piauienses afetados pela estiagem. O decreto foi assinado pelo governador Wellington Dias nesta quinta-feira (25), depois de recomendação da Secretaria Estadual de Defesa Civil, que realizou um levantamento baseado nos critérios estabelecidos pela Secretaria Nacional de Defesa Civil, do Ministério da Integração Nacional.
    “Fizemos um levantamento em todo o estado, junto com o Ministério da Integração e ficou caracterizada a situação de emergência pela perda verificada de produtos agrícolas e também pela situação de abastecimento de pastagem”, disse o governador.
   Segundo Wellington, esses 152 municípios cumprem os requisitos para assinatura do decreto de emergência pelo estado. Isso não impede que, com o passar dos meses, quando a estiagem fica mais intensa, outros municípios possam ter a iniciativa de também fazer um decreto de situação de emergência.
   O decreto, segundo o governador permite que o Estado tenha uma relação maior com o Governo Federal para um atendimento emergencial e preciso à população que sofre com a falta de abastecimento de água, dando maior apoio às famílias que foram prejudicadas pela irregularidade das chuvas.
  De acordo com o secretário de Defesa Civil, Hélio Isaias, para o reconhecimento da situação de emergência por estiagem, foram levados em consideração as perdas na agricultura, o índice pluviométrico e os níveis dos reservatórios de cada município.
  “Todos os municípios atingidos pelo Decreto de Emergência estão enquadrados em no mínimo dois dos três critérios estabelecidos. Esses critérios levam em conta a perda na safra agrícola igual ou superior a 50%, com base em dados do IBGE; o índice pluviométrico inferior a 600 milímetros por ano, com base em informações repassadas pela Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semar), pelo Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) e pela Agência Nacional de Águas (ANA); e o nível de reservatórios inferior a 50% da capacidade”, explicou o secretário.
   A maioria dos municípios afetados pela estiagem fica na região do semiárido, mas cidades da região norte que, além da perda na safra, enfrentam dificuldades no abastecimento como Pedro II e Luís Correia, também tiveram a situação de emergência reconhecidas pelo Governo do Estado.


Fonte: Portal AZ

sábado, 27 de junho de 2015

Iram Delmar,o Coxinha se apresentará amanhã em Francisco Santos

      Você quer rir muito ? Então não perca esse grande show de Humor com Iram Delmar,O COXINHA da TV Diário.será amanhã apartir das 20:00 horas no Clube Recreativo Cemir,próximo ao Posto Brito,na cidade de Francisco Santos,para maiores informações procure Izaú da Pimenta e Duclécio.
É amanhã no Clube Recreativo Cemir,na cidade de Francisco Santos
     Não perca essa oportunidade de está  próximo de um dos maiores humoristas do nosso Brasil.Estão todos convidados(as),Esse show promete muita risada e diversão.ESCREVEU NÃO LEU,A TESOURA COMEU.CUIDADO COM OS COXINHAS DA VIDA REAL !!!

Bétis é campeão pelo o campeonato da Carnaiba

     O Real Bétis da cidade de Francisco Santos consagrou-se campeão ontem do XVII Campeonato do Povoado Carnaiba,municipio de Campo Grande do Piaui.Veja mais detalhes das semifinais e final do referido certame.
    O primeiro jogo,foi realizado logo às 13:00 horas,embaixo de um sol muito quente,mesmo assim o Bétis X Azulão foi para o campo,e o jogo foi muito corrido para ambas agremiações,os gols só sairam na segunda etapa,o primeiro a marcar foi o Bétis,a pós a cobrança de escanteio do atacante Sacola,o mesmo encontrou o zagueiro Daniel na pequena área,para cabecear e abrir o placar,o segundo gol foi marcado por Valdenys que acertou um forte chute,a bola bateu no morrinho artilheiro e matou o arqueido Heldo,do time do Azulão,Melado descontou para o Azulão,mas ficou assim:Bétis 2X1 Azulão.
     Já na segunda partida das semifinais o Olimpia ganhou pelo o placar de 1X0 da Seleção de Vila Nova do Piaui,o gol foi mardo por Jhoninha de Alegrete,que tinha acabado de entrar no lugar de Ricardo.O gol saiu no segundo tempo.
     E ai foram para a final o Bétis de Francisco Santos X Olimpia de Campo Grande do Piaui,o placar no tempo normal saiu de 0X0,já nos penaltis o time de Francisco Santos levou a melhor e ganhou o grande titulo do XVII Campeonato de futebol amador do Povoado Carnaiba,e levou para casa a quantia de R$ 1.100,00 reais,o Olimpia,segundo colocado ficou com R$ 600,00 e o Azulão com R$ 300,00 reais,pois ficou em terceiro lugar.O Bétis e o Olimpia também receberam medalhas e troféus.
Real Bétis fica com o titulo do XVII Campeonato do Povoado Carnaiba,municipio de Campo Grande do Piaui
      A organização do campeonato foi comandada por Miguel e auxilio de B.Ó.A Prefeitura Municipal de Campo Grande do Piaui,Secretarias de Esporte e Lazer deram total apoio.Marcaram presença nas semifinais e final o Prefeito de Campo Grande do Piaui,Doutor Tico,juntamente com a sua equipe de trabalho:Bezerra,Chefe de Gabinete,Edson Oscar,Secretário de Obras,Elson,Secretário de Esporte,Bráulio,Chefe de Departamento de Lazer,Jacinto,chefe do Setor de Tributos,Verenilson Silva,Secretário de Saúde de Campo Grande do Piaui e demais autoridades e pessoas que viram de perto,que mais uma vez o futebol amador veio abrilhantar a tarde do Povoado Carbaiba
Olimpia fica com o Vice-campeonato do Povoado Carnaiba
Bezerra agradece a todos os times e organização do XVII Campeonato do Povoado Carnaiba
      A partida foi narrada por Nivaldo Sousa e Inácio Gomes,eles fizeram mais uma vez juntamente com os árbitros e organização um bom trabalho.O Campeonato do Povoado Carnaiba deixou saudades,pois desde o dia 06 de Junho estavam acontecendo jogos durante os finais de semana.
Prefeito Doutor Tico faz o uso da palavra na entrega de premiação no Campeonato do Povoado Carnaiba  


Mais fotos acesse:

quinta-feira, 25 de junho de 2015

Piauiense que disputa Miss Mundo Brasil é favorita ao título de 2015

A enfermeira e modelo Maria Candido, que é natural de Piripiri, é a representante do Piauí no Miss Mundo Brasil 2015. A gata de 24 anos, 1,75 metros de alturas, disputa o título com as demais concorrentes na noite deste sábado (27).

A piauiense está em primeiro lugar em enquete feita por um site nacional como a favorita para ganhar o título.

Prefeitura de Campo Grande antecipará parcela do 13º salário

Doutor Tico,Prefeito de Campo Grande do Piaui
A Prefeitura Municipal de Campo Grande do Piauí irá antecipar a primeira parcela do pagamento do 13º salário de todos os servidores municipais. O pagamento será realizado até o dia 30 de junho juntamente com o salario dos funcionários,  Com o total dos pagamentos dessa primeira parcela a Prefeitura irá injetar aproximadamente R$ 150 mil reais a mais na economia Campo-Grandense.
dimm
Dessa forma, os servidores municipais poderão programar com tranquilidade seus orçamentos. Além disso, a economia local ganha com o pagamento do décimo terceiro somado ao salário do mês. A ação é resultado do planejamento executado pela Prefeitura e ainda a valorização do servidor.
Segundo o prefeito Francisco José Bezerra (Dr tico – PP), serão injetados R$ 150 mil aproximadamente na economia local somente com o pagamento da primeira parcela do 13º salário, “ fala-se em crise mas, com organização e trabalho sério as coisas funcionam dentro do esperado”. Disse o prefeito.
“Essa antecipação representa a seriedade que estamos tratando o município e o respeito que temos em relação ao funcionalismo público. A medida foi possível graças a uma organização financeira e é importante para aquecer a economia local”.
“Tratamos nosso servidores com grande responsabilidade é uma preocupação e prioridade da gestão pagar os nossos servidores em dia estamos servindo de exemplo para muitos municípios” completou Dr. Tico.
Por: Danielly Duarte

MARCOLÂNDIA | TV Globo mostra mudança na vida dos piauienses com parque eólico

A substituição do cultivo nas terras do sertão piauiense virou notícia nacional. O programa “Bom Dia Brasil”, da Rede Globo, exibiu uma reportagem nesta quinta-feira (25/06), mostrando a vida dos agricultores que deixaram de plantar para alugar suas terras para a instalação de torres para um parque eólico.
O jornal matinal da emissora contou a história do casal que cultiva uma plantação de milho, na cidade de Marcolândia, distante 413 km de Teresina, e tem uma renda mensal em torno de R$ 1.000.
O senhor João e a esposa, Francisca, alugaram parte das terras para uma empresa que está instalando os parques na região e por cada gerador fixado em suas terras ganharão aproximadamente R$ 1.500 – no terreno do casal tem sete torres.
A reportagem também mostra que o projeto está beneficiando mais cinco cidades do Piauí, todas entre as 201 que decretaram situação de emergência por causa da seca.

Picos: Produção de mel em 2015 já superou 2014

A produção de mel em Picos e região teve um aumento significativo no início deste ano de 2015 e já superou à safra do ano passado. A informação é do presidente da Casa Apis, Antônio Leopoldino, conhecido como Sitonho.
Segundo Sitonho, apesar da estiagem continuar, a cada ano a apicultura vem se superando em relação à produção de mel. De acordo com o apicultor, esse ano, apesar de estar no início, vem superando a safra do ano passado. “Vamos ter uma boa produção, o mercado lá fora está respondendo muito bem, ou seja, o produtor nosso está ganhando melhor e está vivendo melhor”, disse.
Presidente da Casa Apis, Sitonho Dantas-Foto: Romário  Mendes
Presidente da Casa Apis, Sitonho Dantas-Foto: Romário Mendes
De acordo com Sitonho, o mel é o segundo produto que mais exporta no estado, com uma exportação acima de 2 mil e 500 toneladas.
O presidente da Casa Apis informou ainda que a tendência é que a produção cresça até o final do ano, uma vez que o desempenho das chuvas vem aumentando, como também o nível de conhecimento dos produtores, que a cada ano se capacitam e a cadeia que está instrumentalizada e sendo assistida hoje pelas instituições governamentais e não governamentais.

Governo do Piaui garante repasse de R$ 10 milhões

O governador do Estado, Wellington Dias, e a secretária de Infraestrutura do Piauí, Janaínna Marques, participaram de uma audiência na terça-feira (23), em Brasília com o ministro da Integração Nacional, Gilberto Occhi. A reunião teve como principal objetivo a renovação dos Convênios da Macrodrenagem de Oeiras e Dique do Poti Velho, reivindicação estas que foram atendidas pelo ministro, que renovou os convênios até junho de 2016.
As obras foram contratadas em 2014, mas foram paralisadas por falta de recursos e pendências de projetos, e agora foi conseguido pela Secretaria o Primeiro Repasse para retomada das obras, no valor de R$ 10 milhões, que devem ser liberados em alguns dias para o Estado.
A macrodrenagem é uma obra de parceria entre o Ministério da Integração Nacional, Secretaria Estadual de Infraestrutura e Prefeitura de Oeiras, onde serão construídas duas adutoras: uma que vai interligar o açude Soizão ao riacho Mocha e outra que receberá águas da galeria pluviométrica, que capta água da Vila Santa Teresa e Chapada do Fio, para a ampliação do açude Serra Pelada, também conhecido como Açude do Canela.
O Dique do Poti Velho tem como objetivo evitar as enchentes no bairro e evitar danos das cheias dos rios.
“Estas são obras de grande alcance social, a exemplo da macrodrenagem que, além de preservar os imóveis históricos de Oeiras, evitando alagamentos, aumentará a capacidade de reserva de água no município, fazendo assim com que a água escoe e assim evite diversas doenças que oferecem grande risco à população”, afirmou a Secretaria de Infraestrutura, Janaínna Marques.
Diário do Povo

Defesa Civil anuncia R$ 11 milhões para enfrentar estiagem; Confira!

O secretário estadual de Defesa Civil, Hélio Isaias, anunciou a liberação de R$ 11 milhões para enfrentamento da seca em municípios de todo o estado. A previsão inicial era de que fossem liberados R$ 6 milhões para investimento no abastecimento das cidades que convivem com a estiagem, mas em audiência com ministro da Integração Nacional, Gilberto Occhi, o secretário conseguiu liberar mais R$ 5 milhões.
“Nos reunimos com o ministro da Integração, com a presença do senador Ciro Nogueira, e mostramos as dificuldades que o Piauí tem em relação ao abastecimento nesse período que se inicia no mês de julho, principalmente na região do semiárido. Vendo que havia a necessidade de mais recursos ele autorizou a liberação de mais R$ 5 milhões além dos R$ 6 milhões que já estavam previstos para amenizar os problemas provocados pela estiagem”, disse o secretário.
Os recursos serão usados em ações emergenciais como a operação carro pipa nas zonas urbanas de municípios de sofrem com a estiagem, além da instalação de adutoras de engate em São Raimundo Nonato e Pedro II, onde os níveis dos reservatórios estão muito abaixo da capacidade.
“A falta d’água, que antes era apenas um problema da zona rural, está chegando na zona urbana dos municípios. A chuva foi suficiente para abastecer alguns açudes e melhorar o pasto, mas o Piauí é um dos estados do Nordeste onde a restrição hídrica está muito avançada. A barragem Petrônio Portela, em São Raimundo Nonato, por exemplo, se encontra com apenas 17% da capacidade e a água não é de boa qualidade devido a grande quantidade de sal. Estamos trabalhando para resolver esse problema no intuito de garantir que todo o estado seja abastecido com água potável”, destacou Hélio Isaias.




Ccom

Governo do Estado descobre ‘servidor fantasma’ que recebia até R$ 6 mil na França

Com o objetivo de planejar a gestão pública e promover uma administração eficiente e transparente, a Secretaria da Administração (Sead) lançou o programa de recadastramento de todos os servidores estaduais. A primeira etapa, que deverá ser feita pela internet, iniciou nesta terça-feira (23/06) e vai até 22 de agosto. O recadastramento visa atualizar dados cadastrais de mais de 90 mil servidores do estado, que sejam ativos, inativos, pensionistas, comissionados ou terceirizados.
A informação que o Governo do Estado já pôde constatar: há servidores fantasmas no Governo do Estado. E o pior é que alguns deles nem sequer no Piauí vivem e nunca pisaram num órgão público estadual. O recadastramento, coordenado pela secretaria estadual de Administração, identificou supostos servidores públicos lotados em secretarias e outros órgãos do estado recebendo salários de R$ 3 mil, R$ 4 mil e R$ 6 mil. Alguns deles morando na França, Portugal e Estados Unidos.
Todos esses ‘fantasmas’ terão seus contracheques cancelados imediatamente. O que dará ainda mais fôlego para as finanças do governador Wellington Dias (PT). Boa parte desses servidores estavam lotados na secretaria estadual de Educação (Seduc). De acordo com a diretora de gestão de pessoas da Seduc, Francisca de Almeida Mascarenhas, foi enviada uma carta a esses servidores que estariam irregulares. Eles não estavam lá para fzer doutorado, nem qualquer especialização. Os nomes não foram relevados.
O secretário da administração, Franzé Silva, explica que, na segunda etapa, que ocorrerá de 1º de setembro a 30 de outubro, será feita a validação do pré-cadastro, entrega de documentos, coleta biométrica e digitalização de documentos.
“Há dois anos que não é feita essa atualização no cadastro de servidores. Hoje as informações dos servidores estão pulverizadas e queremos criar uma base de dados de cada secretaria e para todos os órgãos. Com a informação de onde estão lotados, será possível criar uma estrutura melhor de atendimento à população. A segunda etapa é presencial e será realizada nos municípios, onde serão montados postos de atendimento e unidades móveis para a coleta e digitalização de documentos”, garante o secretário.
Segundo a vice-governadora, Margarete Coelho, presente no evento de lançamento, “o objetivo do recadastramento não é economizar recursos financeiros e sim de utilizar melhor os recursos financeiros do Estado e de reconhecer os servidores que se qualificaram mais. O Estado ganha em qualidade e quantidade de serviços, contribuindo de uma forma a atender melhor aos interesses do cidadão”.
Margarete destaca a importância de planejar a gestão do pessoal, para que o Estado atenda a sua finalidade, que é servir ao cidadão com qualidade, transparência e economicidade, gastando quanto e como deve ser gasto. “Com o recadastramento, será possível modernizar e melhorar a carreira do servidor e eles ficarão conhecendo ainda mais seus direitos e benefícios”, frisou a vice-governadora, que representou Wellington ao lado dos secretários Franzé (Administração), Rafael Fonteles (Fazenda) e Merlong Solano (Governo).

Fonte: O OLho

Produção da agricultura familiar potencializa Semiárido como maior produtor de alimentos saudáveis do Brasil



Nos últimos oito anos, milhares de famílias do Semiárido tiveram acesso a água através da mobilização social e de políticas públicas, acessaram tecnologias sociais de captação de água da chuva para a produção de alimentos, muitas implementadas pela Articulação Semiárido Brasileiro (ASA) como resultado da mobilização social. Com a possibilidade de guardar a água para continuar produzindo na época da escassez das chuvas, agricultores e agricultoras aumentaram a capacidade de garantir sua segurança alimentar. E, mesmo nos últimos cinco anos de forte seca na região, muitas conseguiram manter uma produção de alimentos para consumo e comercializar o excedente. “Mesmo nesse período de seca o número de feiras em muitos municípios da região aumentaram. Essa informação é relatada por diversas organizações da ASA que atuam nos estados”, explica Antonio Barbosa, coordenador do Programa Uma Terra e Duas Águas (P1+2) e do Programa Sementes do Semiárido, ambos da ASA.
Hoje, a agricultura familiar é responsável por cerca de 70% dos alimentos que chegam à mesa dos brasileiros e brasileiras e cerca de 50% dos estabelecimentos da agricultura familiar estão no Semiárido, o que confere a região um grande potencial de produção de alimentos. E a ASA, em sua ação, acredita que a região pode se tornar a maior produtora de alimentos saudáveis do país nos próximos quatro anos. “Até o ano que vem, cerca de 150 mil famílias terão acesso a tecnologias de água para a produção de alimentos em toda a região, contabilizando a ação da ASA e dos Estados. Isso significa que cerca de 10% da população semiárida poderá produzir sua própria alimentação”, explica o coordenador do programa Antonio Barbosa.
A perspectiva apontada pela ASA se deve pelo acesso a água, mas também por outros avanços enxergados pela Articulação na região, como: a preservação do patrimônio genético pelas comunidades, que guardam sementes animais e vegetais; a execução de chamadas públicas de assistência técnica e extensão rural (Ater) realizadas pelo governo com foco agroecológico; e a possibilidade de saída de um período de forte seca com a volta das chuvas. “O Semiárido como maior região produtora de alimentos saudáveis é uma perspectiva de produção de alimentos para consumo das famílias. Claro que pode existir um excedente e isso ser comercializado, mas o nosso incentivo enquanto ASA é na garantia de melhor qualidade dos alimentos e da segurança e soberania alimentar das famílias agricultoras. Esse é o debate que o Semiárido levará para a Conferência Nacional de Segurança Alimentar ”, explica Barbosa. Na conferência a ASA pautará a perspectiva do Semiárido como maior produtor de alimentos saudáveis do Brasil, a partir do incentivo à produção agroecológica e sua contribuição e esforço na implementação de seus programas, principalmente da ação do P1+2 e o Programa Sementes do Semiárido.

Comida de verdade no campo e na cidade – A 5ª Conferência Nacional de Segurança Alimentar, que acontecerá de 03 a 06 de novembro em Brasília (DF) e tem como tema “Comida de Verdade no Campo e na Cidade: Por Direitos e Soberania Alimentar”, é um evento estratégico entre ações e iniciativas para se atingir as metas de erradicação da extrema pobreza no país. O objetivo geral é ampliar compromissos políticos para a promoção da soberania alimentar, garantindo o direito humano à alimentação adequada e saudável, a participação social e a gestão intersetorial. Werner Fuchs, integrante do Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (Consea), sublinha que a relação Campo e Cidade será uma das tônicas da Conferência, “hoje as pessoas que vivem na cidade não se enxergam apenas como consumidores, mas também começam a se reconhecer como produtores de alimentos”.
Programa P1+2 da ASA, implementa tecnologias sociais de captação de água da chuva para produção de alimentos | Foto: Acervo Asacom
Programa P1+2 da ASA, implementa tecnologias sociais de captação de água da chuva para produção de alimentos | Foto: Acervo Asacom
Outro tema para o qual a Conferência vai se voltar é o consumo, cada vez maior, de alimentos ultraprocessados. O Guia Alimentar para a População Brasileira, publicado em 2014 pelo Ministério da Saúde, recomenda que a base da alimentação sejam os alimentos in natura ou minimamente processados. Outra iniciativa do Ministério de Saúde é o livro sobre alimentos regionais brasileiros que discute a possibilidade de resgatar e incentivar o consumo de alimentos regionais e sua relação simbólico-cultural. O objetivo é valorizar os itens alimentares com características regionais, apresentando-os como instrumentos de fomento e proteção do patrimônio material e imaterial.
“Tivemos muitos avanços no campo das políticas públicas de segurança alimentar, mas também houveram alguns refluxos. A Conferência é importante para reafirmarmos que não pode haver recuo no avanço da garantia da segurança alimentar”, afirma o conselheiro.  Cerca de duas mil pessoas participarão do evento, oriundas de todos os estados do Brasil, e dois terços da delegação será formada por representantes da sociedade civil. O processo preparatório da Conferência deve envolver de 70 a 100 mil pessoas até novembro. “A Conferência vai ser uma síntese desse processo e nós queremos dialogar com toda a sociedade, afirmando a diversidade da cultura alimentar brasileira que se contrapõe a monocultura alimentar imposta pelo agronegócio e pelas grandes redes de supermercados”, completa o conselheiro.
Catarina de Angola e Monyse Ravenna – Asacom

terça-feira, 23 de junho de 2015

Sussuaparense foi analfabeto até os 18, teve tuberculose e virou médico

Zé da Luz aprendeu a ler e escrever no hospital, enquanto se recuperava de uma tuberculose. Para ele, a doença abriu as portas da educação.


Conheça a história do médico Zé da Luz
Por mais inusitado que pareça. José Alves da Luz, 80 anos, costuma dizer que uma tuberculose grave foi a sua maior chance. Aos 18 anos e ainda analfabeto, o diagnóstico da doença era como uma sentença de morte naquela época. Dois tios dele já tinham morrido da doença infecto-contagiosa. Ele inclusive foi enviado a um sanatório em Teresina (PI) com uma receita médica e a extrema unção, o sacramento católico dedicado aos enfermos graves. Mas José da Luz não só sobreviveu, como aprendeu a ler, escrever e já aos 35 anos estava formado como médico radiologista.
zeluz
José Alves da Luiz e família
Ele seguiu a velha estratégia de traçar uma meta e segui-la. “Tem sempre um ponto no horizonte que a gente olha”, teoriza. No caso de José da Luz, ele sempre quis estudar. Quando criança na região de Abóboras, em Picos, a 307 km de Teresina, só a mãe – que morreu quando ele tinha apenas 12 anos – e um tio paterno sabiam ler. “Eu achava aquilo tão bonito, tão bom, que ficava com vontade de estudar também”.
Mas a realidade era a da lida na roça e da pobreza no sertão nordestino da década de 1940. Na área em que morava, nem escola tinha. Quando chegou ao sanatório em Teresina, as religiosas que administravam o lugar “acharam um completo absurdo alguém naquela idade ainda não ter sido alfabetizado” e então ele passou a ter aulas no hospital mesmo com as freiras.
“Se tem uma pessoa que eu gostaria de ter encontrado novamente na vida para contar tudo o que aconteceu era a irmã Tereza, que me ensinou a ler e escrever. Mas nunca mais eu vi”, lamenta.
A identificação com as letras foi rápida e extrema. Ele não parou mais de estudar. ““Eu fui alfabetizado no mesmo ano que o Getúlio Vargas se suicidou, para você ter uma ideia”, relata. De acordo com dados do censo demográfico daquela época, a população brasileira era formada por cerca de 52 milhões e a taxa de analfabetismo era da ordem de 52%. José da Luz não era mais um deles, mas tinha muito ainda que estudar na vida.
Aos 22 anos, mesmo sem nunca ter feito o primário, conseguiu passar em primeiro lugar na prova para frequentar o ginásio em Picos. Na época, não era necessário apresentar o histórico escolar. Com isso ele passou a frequentar uma escola pública onde pessoas ilustres da cidade davam aula. “Crianças e adultos estudavam na mesma sala e eu acho que era o mais velho”.  Para se manter, ele trabalhava como cacheiro viajante, “uma mistura de camelô e feirante, que lá é conhecido como mangaio”. Em um  caminhãozinho ele percorria mais 150 km só para vender produtos.
Quando terminou o ginásio, decidiu ir sozinho para o Rio de Janeiro. Era o ponto no horizonte que apontava para lá. Acreditava que assim poderia trabalhar e estudar. Foram nove dias num ‘pau de arara’, sem descanso e nem direito a tomar banho. Chegando na cidade, ele não conhecia nada nem ninguém. Não sabia para onde ir e um taxista da Central do Brasil acabou levando ele para uma pensão na Cidade Grande. “Era um ambiente ruim, mas eu fiquei na minha e deu tudo certo”, recorda.
José da Luz conta que chegou a capital fluminense em 1960, justamente o ano em que a capital federal foi transferida para Brasília. “Muitos empregos tinham acabado no Rio e eu era uma mão de obra altamente desqualificada para a cidade. Só tinha trabalhado na roça. Foram dois meses sem conseguir emprego. A solidão também era grande”, lembra.
Finalmente conseguiu um emprego na Navegação Aérea Brasileira, “uma espécie de sucursal da Pan Am” e então pode prosseguir nos estudos. Logo depois, foi trabalhar numa agência bancária. “Mas naquela época, se eu contasse no banco que estava estudando, eles iam me demitir. Então comprei umas apostilas e estudei tudo sozinho.”
A turma de José da Luz durante o ginásio na cidade de piauiense de Picos. Foto: Arquivo pessoal
A turma de José da Luz durante o ginásio na cidade de piauiense de Picos. Foto: Arquivo pessoal
Conseguiu ser aprovado na Escola Federal de Cirurgia e Medicina do Rio de Janeiro.  “Foi uma alegria muito grande. Acho que fiquei um mês sem acreditar. Eu sempre enxerguei muito longe na vida. Isso causa sofrimento, sabe? Sonhar tem um preço”, reconhece José da Luz, em um dos raros momentos da conversa em que demostra ter passado dificuldade. Isto porque para ele não dá pra perder tempo reclamando.
A formatura foi em 1969 e ele se casou com Aurinha em 1970. No mesmo ano que o Doca Estêvão, pai de José da Luz e grande incentivador, foi ao Rio.
“Mas o meu destino é esse mesmo: começar tudo de novo”, aponta. Há 43 anos, José da Luz se mudou para Ourinhos, no interior de São Paulo. “Decidi me mudar da cidade grande. Tinha uma família enorme que queria trazer para estudar e trabalhar”, justifica.
Em Ourinhos, criou uma clínica de radiologia com exames. Está sempre estudando e participando de congressos. Foi lá também onde nasceram seus três filhos, todos formados, nenhum deles em medicina. “Meus filhos são muito mais inteligentes do que eu. Cada um buscou o seu caminho”, exalta o médico, dando um sorriso.
Se ele tem um conselho para dar? “A gente precisa acreditar na gente e também nas pessoas. A maioria das pessoas é boa, até porque se não fosse assim, o mundo não andava, não é mesmo?”, indaga ele, sem ter dúvida da resposta.
Agora ele planeja escrever o terceiro livro – já publicou um sobre sua trajetória e um segundo de crônicas. Também pretende visitar neste ano a madrasta em Picos – mãe de vários de seus 18 irmãos – para as comemorações dos 92 anos. Para ele, o importante é ir devagar e sempre.
Fonte: IG

segunda-feira, 22 de junho de 2015

Conheça os times semifinalistas do campeonato do Povoado Carnaiba



Nesse último final de semana foi realizado as quartas de finais do XVII Campeonato de futebol amador do Povoado Carnaiba,município de Campo Grande do Piaui.Veja logo abaixo o resumo dos jogos a também quem passou para as semifinais do referido certame.
Primeiro jogo do dia 20/06/2015 entre Carnaiba X Olimpia(Classificado)
Esse jogo foi de arrepiar pois estava em campo dois bons times,o elenco da Carnaiba,que jogava em casa,e ao seu lado tinha o apoio da sua fiel torcida,e o Olimpia,que também levou tem uma torcida muito unida e forte.
Real Bétis de Francisco Santos ganha de 2X0 do Bairro Novo Horizonte e passa para as semifinais do XVII campeonato do Povoado Carnaiba,em Campo Grande do Piaui
O jogo começou quente com chances para os dois lados,mas o Olimpia abriu o placar aos 32 minutos do primeiro tempo com o bom jogador Carlinhos,que acertou um belo chute,que para muitos até agora está sendo o gol mais bonito da competição,foi uma coisa fora do normal,o mesmo pegou a bola quase na lateral,próximo do meio de campo,e mandou,quando o goleiro da Carnaiba,Adgilson olhou a bola já estava balançando as redes,sem chance para o arqueiro.
Azulão ganha de 3X0 do São José e vai pegar o Bétis nas semifinais
Após o gol a Carnaiba foi para cima em busca do empate,mas a primeira etapa ficou assim,o Olimpia na frente.Na segunda etapa,o jogo pegou mais ár de dramacidade,o time da casa,acertou a trave duas vezes,e o goleiro Gardel fez 3 grandes defesas,mais foi o Olimpia,que levou a melhor,o meia Júnior de Alegrete do Piaui,que estava defendendo o time da Sede de Campo Grande do Piaui,fez boa jogada,driblou dois adversários e acertou um forte chute de fora da área para fazer o segundo gol do Olimpia,e assim dá números finais a esse jogão de bola.
Time da Cohab,de Monsenhor Hipólito perde nos pênaltis para Vila nova do Piaui,e dá a Deus o certame
Segundo jogo do dia 20/06/2015 entre Real Bétis(Classificado) X Novo Horizonte
O Novo Horizonte entrou em campo,faltando 15 minutos para o inicio do jogo,já o Real Bétis da cidade de Francisco Santos chegou em cima da hora,quando muitos pensava e comentava que o Bairro Novo Horizonte iria ganhar por WO.
Os árbitros,Marcel e Natalino com Bráulio,chefe de Departamento de Lazer com os goleiros dos times de Monsenhor Hipólito e Vila Nova do Piaui
Então começou o jogo,o Bairro Novo Horizonte levou perigo,com o atacante Manel,o mesmo acertou um chute rasteiro,que quase pegou o bom goleiro Kanu de surpresa,mais ai o Bétis foi se encontrando dentro de campo a o jogo ficou pegado,mas o time de Francisco Santos levou mais perigo,Cleudimar acertou um chutaço,a bola bateu na trave,então após um escanteio batido por Sacola do Bétis,a bola foi desviada no primeiro pau,e Waguinho cabeceou para abrir  o placar da partida,isso aos 28 minutos de jogo.
Bráulio fazendo o sorteio das semifinais.
A segunda etapa começou em um ritmo forte,o Novo Horizonte querendo uma reação e foi em busca do empate,mais foi surpreendido,com um forte ataque do Bétis,Galeguinho aos 38 minutos,acertou um forte chute de fora da área,fez o segundo  do Bétis e deu a vitória e a classificação para as semifinais do XVII Campeonato do Povoado Carnaiba,em Campo Grande do Piaui.
Multidão prestigia as quartas de finais do XVII Campeonato do Povoado CARNAIBA
Tivemos alguns sustos nesses jogos:O atleta Dedei,do Olimpia passou mau após o jogo,mas graças a Deus o mesmo se recuperou.Outra preocupação foi com os zagueiros Carlon e Poxete,os dois zagueiros do Bairro Novo Horizonte faltaram comunicação e bateram cabeça com cabeça,Carlon cortou o supercilio levou 7 pontos,e segundo informações o mesmo vai ficar sem jogar futebol uns 30 dias,já poxete levou 3 pontos e também vai ficar uns dias parado,o lateral Esquerdo também do Novo Horizonte Diógenys torceu o tornozelo e saiu ainda no primeiro tempo,ele também vai ficar em repousou um uns 15 dias.

Já os jogos de domingo,21/06/2015 foram os seguintes

Olimpia vence o time do povoado Carnaiba e passa para pegar Vila Nova do Piaui nas semifinais
As 14:00 horas jogaram:Vila Nova do Piaui(Classificado) e Cohab,da cidade de Monsenhor Hipólito,esse jogo saiu de 1X1 no tempo normal,e Vila Nova do Piaui ganhou nos pênaltis,e passou para as semifinais da competição.

Já no jogo das 16:00 horas entre Azulão(Classificado) X São José,o placar foi de 3X0 para o Azulão,Júnior Beiçola de cabeça aos 15 minutos do segundo tempo abriu o placar.Zezão também de cabeça fez o segundo gol do Azulão aos 26 minutos e Hans Miller fechou o placar para o time da cidade de Campo Grande do Piaui,ele aproveitou o bom passe e mandou de direita sem dá chance para o arqueiro do São José,que se reforçou para encarar o Azulão.No primeiro tempo o jogo foi bem equilibrado,mais no segundo tempo,o Azulão mostrou sua superioridade e entrosamento para sair com o s três pontos e passar para as semifinais da competição.
Mais um final de semana movimentado no XVII Campeonato do Povoado Carnaiba,e o Prefeito Municipal de Campo Campo Grande do Piaui esteve presente no Sábado, prestigiando esse certame que tem o total apoio da Prefeitura Municipal,e viu de perto que o esporte é fundamental para o vida de qualquer pessoa,não importa a idade,ele falou que esse campeonato aqui é um bom exemplo,já que muita gente de todas as idades estão aqui participando e assistindo,a assim estão se ocupando com coisas positivas.
O Chefe de cabinete,Bezerra não pôde comparecer nesse final de semana,devido compromissos já agendados,mais com certeza dia 26 de Junho de 2015,nas semifinais e final estará marcando presença,juntamente com Doutor Tico e toda a comitiva que irão prestigiar a a reta final desse campeonato que está movimentando o Povoado Carnaiba e região.

O XVII Campeonato de futebol amador do Povoado Carnaiba,Campo Grande do Piaui tem no comando Miguel como organizador do certame,com o auxilio de B.Ó e apoio total da Prefeitura Municipal de Campo Grande do Piaui,Secretaria de esporte que tem no comando Elson de Herculano  e de Lazer,que tem como chefe Bráulio de Camilo.